Jogador profissional de FIFA e gerente da EA Sports são presos após se passarem por idosos para receberem vacina contra Covid-19

O jogador profissional de FIFA e vice-campeão mundial em 2009, Rubén Zerecero, e o gerente de campanhas da Electronic Arts (EA), Christian Nieva, foram prestos após usarem identidades falsas e disfarces para receberem a vacina contra a Covid-19. O caso acontece na Cidade do México, na última semana.

Na ocasião, os dois se disfarçaram de idosos, pintaram os cabelos de branco e usaram documentos de parentes de Zerecero. Além disso, se dirigiram ao posto de vacinação trajando máscara, capuz, óculos escuros e protetor facial. Um deles, inclusive, estava usando uma cadeira de rodas, que coisa eim!

Os dois só foram descobertos quando estavam na área de observação, após tomarem a vacina. Ao desconfiar do disfarce, um dos fiscais presentes no local informou as autoridades.

Nesta quarta-feira (8), a dupla compareceu à Justiça para responder sobre o crime. Se condenados, podem receber até 9 anos de prisão. Após serem ouvidos, o juiz responsável determinou que eles deverão continuar presos até o julgamento.

Confiram mais:

Comandado pelo streamer Mezikeen, a capa da Stiles Gaming foi atualizada, e dessa vez com a streamer Laysa, onde conta tudo! De quando não fazia lives até o momento em que se tornou uma das maiores streamers do Facebook Gaming.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar