O streamer Luan “SrConsta” Cabral tem seu canal do YouTube desmonetização por tempo indeterminado!

Na noite desta quinta-feira (27), o streamer Luan Cabral “SrConstra” utilizou seu perfil no Instagram para desabafar com seus seguidores a respeito de uma situação um pouco chata em relação ao seu canal no YouTube. Aparentemente, bastante chateado com a situação, o streamer relata que seu canal no YouTube infelizmente foi desmonetizado por um tempo indeterminado, abaixo acompanhe o vídeo completo!

Segundo o mesmo, o motivo surgiu por conta de um vídeo publicado no canal em 2015, onde contém um conteúdo que infringe as diretrizes imposta pela plataforma. Em contato com uma pessoa dentro do YouTube, Luan comenta que o a suspensão da monetização está para 3 meses, mas infelizmente não é isso que acontece na prática, pois há diversos relatos que nunca voltou a monetizar em relação a esse tipo de suspensão!

Sem conseguir ganhar pelo seu trabalho Luan comenta que está pensando em criar um novo canal para substituir o atual, inclusive já foi criado!

https://youtube.com/channel/UCRJG0vKU2lcvNo1B7C8-UCA

Luan é um streamer que realiza suas lives diárias na plataforma da Twitch, o seu canal tem um conteúdo bastante interessante para o universo dos games.

Nossa equipe entrou em contato com o streamer para saber mais informações sobre o assunto, acompanhe abaixo o que foi respondido:

Então, primeiramente obrigado por se interessar pelo meu caso. O que aconteceu foi que meu canal com quase 20k de inscritos foi desmonetizado permanentemente, tudo por causa de um único vídeo onde alegaram que eu estaria “promovendo facção terrorista”. O vídeo em questão foi um compilado de vários videos, sendo mais especifico uma retrospectiva do canal, e um deles era uma gameplay bastante editada jogando minecraft com um amigo onde estávamos com skin tipo árabe, onde jogavamos o modo SkyWars e esse servidor podia jogar TNT nas ilhas, então inocentemente colocava música árabe e ficávamos jogando as TNTs. Na época estava no auge tanto a edição quando esses memes de explosão etc e nada aconteceu com o canal na época. Agora passados 6 anos recebi dia 26 um ALERTA (ressalto o alerta pois deveria ter sido somente um alerta e não uma punição severa pois o canal nunca havia sofrido punições do tipo) dizendo que o video em si foi removido e o canal desmonetizado. A princípio no aviso.


Dizia que eu ficaria 3 meses sem poder monetizar e depois passados os três meses eu poderia tentar entrar novamente para o grupo de parceiros do youtube onde você pode monetizar os vídeos, mas eu quase não recebo do youtube devido as views baixas e estava quase chegando na meta para receber (esse dinheiro iria para custear metade da cirurgia da minha dog que está com um tumor) não gostei e recorri. Tentei de todas formas mas o suporte primeiramente rejeitou minha contratação mandando uma mensagem automática ignorando meu apelo para devolver ao menos a monetização. Falei com três suportes e um me informou que a monetização teria sido totalmente suspensa!

Me desesperei, com razão, pois seria anos de canal jogados fora, então uma pessoa que trabalha diretamente no Google/YouTube entrou em contato comigo para tentar resolver, sem exito. Eu pensei em recorrer a justiça mas preferi não e então criei hoje mesmo um novo canal. Vai ser difícil recomeçar mas fazer o que?

Meu conteúdo mudou de minecraft para novidades do league of legends, falas dos campeões, lores e historias etc e eu estava com boas views, dai veio essa rasteira. A meu ver foi uma decisão equivocada do YouTube tirar a monetização, bastava apenas deletar o video e me alertar o motivo, mas pra uma pessoa que nunca tomou advertência foi exagero.

-Finaliza o streamer!

Bastante chateado com toda essa situação ele nos enviou junto com a nota dês esclarecimento, uma publicação do twitter, que pode ajudar não somente a ele, mais a todos os criadores de conteúdo! Se você for um e estiver lendo está matéria, acompanhem esse material, é de estrema importância!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar