Revoltante! A streamer Duda Games chora em live ao ver sua personagem no GTA V ser vítima de assédio!!

Na madrugada desta quarta-feira (02), a streamer Duda Games estava jogando GTA V – FiveM em sua live no momento em que um personagem masculino que se apresentou como policial realizou uma ação (emote) +18 com a personagem da Duda, a jujuba uma criança de 3 anos de idade! 

Sem admitir uma situação absurda dessa, Duda bastante chateada com a situação, a mesma chora em live ao rever toda situação no momento em que reportava para a do servidor, que por sinal ágil rapidamente quando foi solicitada.

Acompanhem abaixo o vídeo completo de toda situação:

Em seu perfil no twitter, Duda comenta sobre a situação mostrando também um vídeo do momento em que o personagem masculino pede para ela aceitar a ação/emote +18, acompanhem:

Logo em seguida, a criadora de conteúdo agradece aos administradores do servidor Venish por realizar um ótimo trabalho. Lembrando, o que o personagem masculino fez foi um crime, está escrito no Art. 241-C onde diz:

“Simular a participação de criança ou adolescente em cena de sexo explícito ou pornográfica por meio de adulteração, montagem ou modificação de fotografia, vídeo ou qualquer outra forma de representação visual: Pena – reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa. Parágrafo único. Incorre nas mesmas penas quem vende, expõe à venda, disponibiliza, distribui, publica ou divulga por qualquer meio, adquire, possui ou armazena o material produzido na forma do caput deste artigo.”

Bom, e para finalizar nossa equipe queria deixar aqui nesta matéria todo nosso apoio a criadora de conteúdo Duda Games, situações como está não pode se passar despercebido! Infelizmente crianças sofrem com isso sem nem mesmo saber, é muito importante influenciar uma pessoa a ter coragem de denunciar, de procurar ajuda!
Parabéns Duda pela ação, e parabéns ao servidor de GTA que agiu rapidamente no caso!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar